A Nova Lei da Terceirização e o STF. Mais duas ações dos partidos de esquerda. Por ora está 1 a 0 para nós!

Chegaram ao STF mais duas Ações contra a Lei da Terceirização.

Desta vez os autores são a Confederação Nacional das Profissões Liberais (ADI 5686) e o Partido dos Trabalhadores e Partido Comunista do Brasil (ADI 5687). Nada menos surpreendente.

Os argumentos são os de sempre: ofensa aos fundamentos da República, entre eles princípio da dignidade da pessoa humana; a consagração dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; a busca pela construção de uma sociedade livre, justa e solidária e a prevalência dos direitos humanos, blá, blá, blá ….

Todas as demandas estão sob relatoria de Gilmar Mendes, que já relata a ADI 5685 – da Rede Sustentabilidade contra a mesma norma.

Celso de Mello, por sua vez, julgou extintos os Mandados de Segurança (MS) 34708, 34711, 34714 e 34719, impetrados por parlamentares federais contra a tramitação do projeto de lei da Terceirização, fundamentando no fato de que a jurisprudência do STF entende que, concluído o processo de elaboração legislativa não mais subsiste a legitimidade para mandado de segurança.

Um a zero para nós!

(fonte AASP)

 

One thought on “A Nova Lei da Terceirização e o STF. Mais duas ações dos partidos de esquerda. Por ora está 1 a 0 para nós!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s