Declaração de não ocorrência de operações suspeitas – Seu contador tem até 31/01 para apresentar. Entenda.

Até 31 de janeiro os profissionais da contabilidade (responsáveis pelos escritórios) devem comunicar ao COAF a não ocorrência de eventos suspeitos de lavagem de dinheiro de seus clientes. Trata-se de uma “declaração negativa” de irregularidade.

Ficam obrigados mesmos os profissionais que trabalharam eventualmente (autônomos) prestando serviços de assessoria, consultoria, contabilidade, auditoria ou qualquer trabalho similar.

Não se trata de denúncia mas de comunicação. Depois disso o COAF avaliará, juntamente com outras informações, se abre procedimento de investigação.

A informação é sigilosa e se não remetida (desde que o contador tenha conhecimento da irregularidade) poderá implicar em sua responsabilização conjunta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s