Declaração de Imposto de Renda de 2018 – Entenda principais mudanças.

As primeiras regras da DIRPF/2018 começam a ser expedidas pela RFB. Merecem destaque:

  1. Será exigido maior rigor/informação dos bens. No caso de imóveis, por exemplo, será necessário informar área; registro de inscrição e cartório;
  2. Par veículos será necessário lançar o RENAVAN;
  3. Para contas correntes deverá ser informado o CNPJ da instituição bancária;
  4. Será necessário informar CPF de dependentes. Para 2018 a exigência é para maior de 8 anos. A partir de 2019 será para qualquer idade;

Hoje, 26/02, o formulário digital estará disponível e o prazo para entrega vai até 30 de abril.

Fique atento e já prepare-se.

 

Fiscalização pelo não pagamento de INSS de autônomos – Atenção.

A Receita Federal remeteu mais de 74 mil avisos de regularização a profissionais liberais e autônomos que declararam rendimentos recebidos de pessoas físicas mas não recolheram o INSS nos anos-base 2013, 2014 e 2015.

Os notificados poderão efetuar o recolhimento até o dia 31 de janeiro de 2018 quando, a partir dessa data poderão ser autuados com multa que varia de 75 a 150%.

O INSS devido é de 20% sobre o salário de contribuição ou seja a remuneração declarada.