No mes de março você receberá um salário MAIOR – Comemore ! Entenda porque.

Pela primeira vez desde que você trabalha, salvo se você já tivesse a carteira registrada antes de 1.943, nesse mês de março você terá um aumento de 3,33%.

Comemore! Brinde !

Será o primeiro momento da sua vida em que 100% do esforço do seu trabalho irá para seu bolso e você não terá que contribuir para que sindicatos mantenham um monte de “faz-nada” pendurados nas suas costas.

1 dia a mais de salário!

Apesar da gritaria da esquerda e de esparsas liminares da Justiça do Trabalho (que segue bradando contra a REFORMA) a lei veio para ficar.

Acabou o financiamento do pão com mortadela, de camisas com Che Guevara e de bandeiras e balões vermelhos. Agora o dinheiro é inteiro seu !

Tenho dito!

REFIS do SIMPLES Aprovado !

Como cravado por esse blog desde janeiro o REFIS do SIMPLES foi aprovado na noite de ontem.

Praticamente por unanimidade o Congresso (Câmara e Senado) derrubaram o veto presidencial.

O texto deverá ser publicado ainda hoje quando atualizaremos o post.

Por ora o que temos:

  1. englobará débitos até novembro de 2017;
  2. entrada de 5% (sem abatimentos) em 5 parcelas;
  3. prazo de adesão até 15 de agosto;
  4. dedução de 70% de multa; 90 % de juros e 100% de encargos legais;

Prepare suas planilhas !

REFIS das empresas do SIMPLES, terça feira (3 /4 ) definidora.

Nessa terça feira o Congresso analisará o VETO do Presidente para a lei que autorizou o REFIS para as empresas do SIMPLES.

A tendência é que o VETO seja derrubado e então a lei seja publicada.

Fique atento – o prazo de adesão será de até 90 dias contados da publicação do texto.

São 600 mil empresas e 20 bilhões envolvidos.

 

 

REFIS do SIMPLES – Mais um passo adiante – Vai sair !!!

Agora foi o Presidente que afirmou (23/03) que o governo está preparado o Refis das micro e pequenas empresas que deverá vir com a “queda do veto” a ser aprovado pelo Congresso Nacional.

Em outras palavras o próprio executivo trabalhará a favor da aprovação que deverá beneficiar cerca de 600 mil empresas que totalizam débitos de 20 bilhões de reais.

Basicamente o novo parcelamento conterá:

  • Entrada de 5% em 5 pagamentos;
  • Até 180 meses para pagamento parcelado;
  • Inclusão de débitos vencidos até novembro de 2017;
  • Desconto de até 70% de multas e 90% de juros e 100% de encargos legais.

Fique atento. Traremos novas posições nesse blog.

 

 

CONTRIBUIÇÃO SINDICAL – Entenda o que fazer nesse momento.

A reforma trabalhista foi publicada em maio de 2017, com vigência em novembro do mesmo ano.

Uma de suas bases é FIM da contribuição sindical obrigatória, cujo primeiro prazo de recolhimento é março/2018 justificando a gritaria atual.

Como alertado anteriormente a Justiça do Trabalho atuaria contrariamente a Reforma e agora vem mostrando suas garras pela concessão de liminares obrigando o pagamento sob fundamentos frágeis.

Nossa posição: ainda que haja determinação em convenção coletiva NÃO RECOLHA o imposto salvo para aqueles que concordem expressamente, ou para o caso de LIMINARES específicas para a sua empresa.

Fora disso destine as guias ao lixo.

 

Declaração de Capitais Brasileiros no Exterior – 2018. Entenda.

Para aqueles que possuem bens no exterior há que ser entregue a Declaração de Capitais Brasileiros do Exterior (CBE).

Basicamente as regras são:

  1. Ficam obrigados os residentes no país detentores de ativos (bens e direitos) no exterior em montante igual ou superior a 100 mil dólares em 31/12/2017;
  2. O prazo para entrega vai de 15/02/2018 até 05/04/2018.
  3. A declaração, como as demais, é feita inteiramente por via digital diretamente no sitio do Banco Central (bcc.gov.nr)
  4. O não atendimento pode gerar multa de até 250 mil reais.

Fique atento.

Aprovação de contas – Prazo 30/04/2018 – entenda.

Em 30/04/2018 todas as empresas devem preparar a aprovação de contas de 2017.

A aprovação de contas deve ser realizada por todas as empresas independentemente de faturamento.

Deve ser formalizada em reunião de quotistas (para as limitadas) e em assembleia geral ordinária (para as sociedades anônimas).

O ponto mais relevante é a forma de convocação dos sócios lembrando que haverá dispensa de prova de intimação quando todos estiverem presentes no encontro.

As principais deliberações devem são (i) aprovação de contas e (ii) eleição de administradores.

Estamos à disposição para o apoio no cumprimento dessa etapa.