PLR deve ser pago apenas em 2 vezes ao ano do contrário há Imposto de Renda. Entenda.

Como temos tratado nesse blog, depois da profunda mudança do CARF  (operação ZELOTES) várias temas crucias à vidas das empresas passaram a ser julgados novamente. Um deles é relativo ao PLR – Participação nos Lucros e Resultados das empresas que ainda havia relativa dúvida.

Nessa semana o Tribunal se posicionou pela tributação do PLR sempre que for pago em mais do que 2 vezes ao ano. Igualmente deve ser obedecido espaço mínimo entre os pagamentos.

Para ser isento (e não salarial) o PLR deve observar:

  • 2 pagamentos máximo ao ano;
  • 6 meses de intervalo entre cada pagamento;
  • ciência prévia (antes de se iniciar o exercício financeiro) das regras para apuração do benefício.

Caso uma dessas regras seja desatendida há risco de tributação de IRRF e INSS, o que representa mais de 55% do valor pago.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s