Procedimentos de afastamento pelo INSS – Entenda o que ocorrerá em 2017. Problemas à vista.

Atualmente no Brasil há 530 mil segurados com auxílio-doença concedido há mais de dois anos.

Há ainda outros 1,2 milhão de aposentados por invalidez com menos de 60 anos.

Há fortes indícios de fraudes/irregularidades em parte desses “afastamentos” o que levará o INSS a realizar extensa e rigorosa auditoria nesses procedimentos cujo objetivo será  reduzir os pagamentos em R$ 4,3 bilhões em dois anos, ou seja, um batalhão de “afastados” será devolvido ao mercado de trabalho.

O problema surgirá  – anote bem isso – quando o INSS der “alta” ao afastado e o médico do trabalho da empresa considerá-lo “INAPTO”. Parece algo surreal, mas já vem ocorrendo com ENORME frequência.

Para esses casos recomendamos profundo análise jurídico e individualizado, pois, para completar, a Justiça do Trabalho entende que nesses casos a empresa deve sempre arcar com o pagamento dos salários.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s