Comissão mista aprova MP e mantém desoneração da folha para segmento de vestuário e TI.

A comissão mista do Congresso que analisa a Medida Provisória 774/2017 aprovou, em 28/06, a retomada do INSS quota patronal de 20% sobre a folha de pagamentos para todos os setores da economia, exceto por algumas exceções.

Pelo texto aprovado, a medida passa a valer a partir de janeiro de 2018.

A proposta acaba com a principal política tributária do governo anterior, que substituía o INSS de 20% da folha por 2% do faturamento, assim, reduzindo o tributo.

Pelo projeto aprovado, poderão continuar recolhendo a contribuição social com base na receita bruta apenas empresas dos seguintes segmentos econômicos:

— transporte coletivo de passageiros (rodoviário, metroviário e ferroviário);

— construção civil e de obras de infraestrutura;

— comunicação;

— tecnologia da informação e comunicação;

— call centers;

— projetos de circuitos integrados;

— couro, calçado, confecção/vestuário; e

— empresas estratégicas de defesa.

O relator modificou o texto original da MP para estabelecer que empresas beneficiadas pela desoneração só percam o incentivo em janeiro de 2018. O texto original determinava o fim das desonerações já em julho deste ano.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s