Refis do SIMPLES ganha força no Congresso.

Pressão da base aliada vem fazendo crescer a chance de um novo REFIS, desta vez destinada à empresas do SIMPLES, ser aprovada ainda esse ano.

A principal justificativa seria a falta de isonomia tendo em vista que até 14/11 estava aberta a possibilidade de parcelamento favorecido apenas para empresas do lucro presumido e real.

Bem sabemos que empresas que estão em débito com o fisco serão excluídas do programa em 2018 o que dificultará ainda mais a vida dos pequenos empresários.

Manteremos a posição atualizada nesse blog.

Leave a Reply