TST novamente determina que imposto sindical não deve ser mantido e revoga liminar do TRT.

Mais uma decisão foi revogada pelo TST (ao que sabemos é a segunda) determinando que o odioso imposto sindical não deve ser retido e repassado aos sindicatos.

Dessa forma vai se consolidando entendimento que a obrigatoriedade de fato morreu com a reforma trabalhista.

Dessa vez foi o corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Lelio Bentes Corrêa decidindo com fundamento no dano irreparável porque a eventual restituição de valores seria “extremamente difícil”.

Mai um passo em favor da modernidade!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s