Prefeitura da capital esclarece como será a flexibilização da quarentena. Entenda.

O Pref. Covas esclareceu, a teor do que ontem foi tratado, como será a vida do paulistano a partir de segunda feita:

  • Obrigatório uso de máscaras e o distanciamento social;
  • Nessa data se inicia a discussão com a iniciativa privada quanto a forma de flexibilização;
  • Liberados: atividades imobiliárias, concessionárias de veículos, comércio e shoppings centers;
  • As empresas (via associações) deverão apresentar e discutir com a PMSP provando a testagem, autoregulação, fiscalização de funcionários e clientes;
  • Escolas e creches não serão reabertas. As empresas deverão cuidar em especial das mulheres, pois, geralmente, são as que cuidam dos filhos;
  • Os protocolos devem ser validados pela vigilância sanitária. Decreto será publicado até 1 de junho.

Deixar uma resposta