INSS sobre convênio médico oferecido a funcionários. Veja o que muda.

Como forma de desafogar o sistema público de saúde o Estado concedeu benefício de não tributação dos planos de assistência médica fornecido pelas empresas a seus funcionários. Era uma contrapartida para incentivar o uso da rede privada diminuindo os gastos do tesouro.

Todavia a lei que desonera a tributação determina que o plano deve ser o mesmo para todos, o que não ocorre no mais das vezes.

O CARF, avaliando recente caso prático de distinção de planos entre cargos, entendeu que havia desvio de finalidade e tributou os valores pagos pelo INSS.

Para evitar riscos as empresas devem ofertar o mesmo plano para todos e aqueles que optarem por “planos melhores” devem pagar as diferenças, pena de haver risco de autuação.

Custo Brasil… já ouviu falar?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s