Reforma Trabalhista – Sexto Ponto – Home Office.

A CLT, baseada na “Carta de Trabalho” de Mussolini, não poderia prever, na década de 1940, que empregados um dia trabalhassem “a distância” com uso de computadores e da rede mundial.

Justamente para isso novo texto normatiza o teletrabalho (fora das dependências da empresa).

Ganham os dois lado. Regras devem ser contratadas, como por ex.: quem custeará os equipamentos e os gastos de manutenção de assinaturas digitais.

O horário será livre inexistindo “hora extra”.

É a inexorável modernidade enterrando a carta fascista.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s